Notícias

As últimas Notícias sobre o setor Sucroalcooleiro

Preços médios dos etanóis hidratado e anidro subiram com força no mês de abril

Preços médios dos etanóis hidratado e anidro subiram com força no mês de abril

06/05/2022 10:00:00

Segundo o Indicador CEPEA/ESALQ, o hidratado a média foi de R$ 3,6808/litro, alta de 14,7% na comparação com o mês anterior. No caso do etanol anidro foi de R$ 4,0893/litro, valor 15% superior ao de março

Os preços médios dos etanóis hidratado e anidro subiram com força no estado de São Paulo em abril, primeiro mês oficial da safra 2022/23. O impulso veio da baixa oferta de biocombustível nesse período, tendo em vista o ainda pequeno número de usinas ativas no mês. Assim, o atraso no início da moagem e o pouco volume de matériaprima remanescente do ciclo anterior definiram a conjuntura e os preços em abril.

Distribuidoras mostraram maior interesse em adquirir volumes adicionais, até porque alguns acordos que vigoraram no período de entressafra foram finalizados. A volta da demanda pelo biocombustível em um período de vantagem do etanol hidratado frente à gasolina C nas bombas paulistas e os dois longos feriados nacionais (Paixão de Cristo, 15, e Tiradentes, 21) também estimularam novas aquisições.

Quanto ao hidratado (Indicador CEPEA/ESALQ), a média das semanas cheias de abril foi de R$ 3,6808/litro, alta de 14,7% na comparação com o mês anterior. No caso do etanol anidro, a média do Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 4,0893/litro, valor 15% superior ao de março.

Na última semana de abril, especificamente, com o avanço da moagem e o consequente aumento do volume de oferta de etanol, os Indicadores semanais dos etanóis hidratado e anidro registraram forte queda no estado de São Paulo. Nas bombas do estado de São Paulo, a relação de preços entre o etanol hidratado e a gasolina C já ultrapassou os 70%, em média. Entre 1º e 29 de abril, a diferença foi de 73,8%, contra 68,7% em março. A média de preço do combustível fóssil foi de R$ 6,934/litro, e a do hidratado, de R$ 5,115/litro, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

NORDESTE – Por mais um mês, os preços dos etanóis subiram em Alagoas, Pernambuco e Paraíba. Com a oferta bem mais restrita neste fim de safra, boa parte das usinas já liquidaram seus estoques para vendas no spot e seguem apenas entregando os produtos contratados até a próxima safra, que deve se iniciar em setembro. No estado de Alagoas, o Indicador mensal CEPEA/ESALQ do hidratado fechou em R$ 3,4807/litro em abril, alta de 7,86% frente a março. Para o anidro, o Indicador mensal CEPEA/ESALQ fechou em R$ 3,9413/litro, aumento de 8,76% na mesma comparação.

Em Pernambuco, o Indicador mensal CEPEA/ESALQ do hidratado fechou em R$ 3,6003/litro em abril, elevação de 9,39% em relação a março. Para o anidro, o Indicador mensal CEPEA/ESALQ fechou em R$ 3,9332/litro, avanço de 5,29% na comparação com o mês anterior. O Indicador mensal do hidratado CEPEA/ESALQ da Paraíba registrou alta de 7,97% frente a março, fechando em R$ 3,5503/litro em abril. Para o Indicador mensal do anidro, a média foi de R$ 3,9390/litro, acréscimo de 6,63% contra o mês anterior.

 

 

Fonte: Indicador mensal CEPEA/ESALQ