Notícias

As últimas Notícias sobre o setor Sucroalcooleiro

Empresa gaúcha oferece ao setor sucroenergético plantadora combinada de toletes que reduz consumo de mudas em até 70%

Empresa gaúcha oferece ao setor sucroenergético plantadora combinada de toletes que reduz consumo de mudas em até 70%

16/12/2020 07:53:00

A plantadora combinada toletes de cana BROTAS apresentvantagens mais acentuadas no sistema de Meiosi, mas pode tranquilamente ser utilizada em sistemas de plantios mecanizados com mudas convencionais

Focada em oferecer soluções que aumentem a competitividade do setor sucroenergético, a AGRIMEC, empresa localizada em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, colocou sua engenharia para trabalhar também para o plantio de toletes. Por exemplo, quando a cana proveniente das linha-mães da Meiosi estiver no ponto para a desdobra nas ruas adjacentes, normalmente um colaborador faz o corte e deita a cana no sulco anteriormente aberto. Um segundo irá alocá-la. Além de trabalhoso, demorado e inviável em grandes áreas, esse sistema pode acarretar falhas na brotação do canavial.

“O pessoal joga a cana inteira dentro de um sulco que está aberto há vários dias. Na maioria das vezes, é necessário ainda vir cortando a cana em pedaços menores apenas para acomodá-la. Em seguida, vem um trator puxando terra e torrões para cima dos colmos, deixando bolsões de ar que irão tirar o vigor das novas plantas. Por conta disso, criamos algo diferente e que vem encantando a todos”, afirma o presidente da AGRIMEC, Odilo Pedro Marion.

Desenvolvida recentemente pela companhia e com lançamento oficial previsto para a próxima Agrishow, a Plantadora Combinada de Toletes “BROTAS” faz a desdobra de forma mecanizada e com toletes de cana. “Estamos falando de inovação, a plantadora é muito avançada em seu projeto, pois executa sete operações simultâneas de plantio, sendo elas a sulcagem, corte de mudas, plantio, adubação, cobrimento, compactação e aplicação de defensivos agrícolas, ao mesmo tempo em que é muito simples operar. Com a ‘Brotas’ se elimina ainda a operação quebra lombo, que deixa de existir”.

Marion explica que a máquina é abastecida manualmente com as canas da linha-mãe da Meiosi. Em seguida, elas são cortadas em toletes pela própria máquina, formando as sementes que serão posicionadas, longitudinalmente, em um sulco com um mínimo revolvimento e depois coberta com terra hortada pelo cobridor rotativo misturada ao adubo. “Além de agilizar o plantio e reduzir a mão de obra, as principais vantagens da plantadora “BROTAS” é a redução no consumo de mudas - que chega a 70% - e a garantia de brotação.”

O profissional reforça que, embora as vantagens da plantadora combinada de toletes sejam mais acentuadas no sistema de Meiosi, o implemento pode tranquilamente ser utilizado em sistemas de plantios mecanizados com mudas convencionais. “Neste caso, o produtor ou usina também alcança grande redução nos custos, pois, em vez de encher o sulco com 15 a 20 toneladas por hectare, é possível plantar com até três toneladas, sem que sejam encontradas falhas posteriormente.”


CONFIRA MATÉRIA COMPLETA - 
http://www.canaonline.com.br/conteudo/transplantadora-de-mpb-desenvolvida-exclusivamente-para-o-setor-canavieiro-ja-esta-em-operacao-em-diversas-usinas.html

 

Fonte: CanaOnline